Calle Hispánica

Um passeio pela cultura em espanhol

Bolívia: Um raio-x cultural feito por uma boliviana

A Bolívia está coladinha ao Brasil, mas busca aí, pelas suas gavetas do conhecimento, o quanto você sabe sobre esse nosso vizinho? 🌎🤔

Dando um pulinho ali no Google, é possível encontrar algumas informações básicas sobre o país, como capital federal (La Paz), moeda (boliviano), localização geográfica (região centro-oeste da América do Sul) e por aí vai! Mas, vamos combinar?! É claro que a gente quer mais, né?! 🙂

Por isso, hoje a Calle Hispánica convidou para um bate-papo alguém que vai nos contar mais sobre a cultura desse país. E essa é a Fabiola Wanderley. Filha de pai brasileiro e de mãe coreana, a Fabiola nasceu na Bolívia e morou lá durante 15 anos. Em 2008, mudou-se definitivamente para Brasil, mas nunca perdeu a conexão com seu país e nem com o espanhol.

Fabiola Wanderley

A Fabiola é formada em Secretariado Executivo Trilíngue, licenciada em Letras (Português-Espanhol), Pós-graduada em Tradução e em Interpretação de Conferências e Guia de Turismo Sul-Americana. (Fabíola, você é um arraso! 😎 #SóAcho 😉)

E para sacramentar essa história de amor com o Espanhol, em 2013, ela abriu o FKW – Centro Cultural de idiomas, espaço que oferece, além do ensino de espanhol e inglês, atividades e intercâmbios culturais.

Confira nosso bate papo!

Para começarmos derrubando alguns mitos, conta pra gente o que a Bolívia NÃO é? 

A Bolívia não é só o país da droga como muitos pensam. A Bolívia tem infinidade uma de lugares incríveis e únicos no mundo para serem visitados como o Salar de Uyuni. Eu, também como Guia de Turismo Sul-Americana, levo turistas todos os anos para esse majestoso Deserto de Sal. Vamos?

(Queremos! SIM ou COM CERTEZA?!😍)

E como você definiria o povo boliviano?  

O povo boliviano é pluricultural, orgulhoso por ser quem é e carrega bem dentro dele as raízes dos seus antepassados. E quando o boliviano é amigo de verdade, ele tira a roupa do corpo para te dar. Muitos dos meus grandes amigos são bolivianos.

Fazendo um raio-x da cultura boliviana, destaca pra gente:

Quando falamos de cultura, falamos sobre pessoas, lugares, gastronomia. Então, vamos por partes:

  • uma comida típica: A comida boliviana é diversificada e os pratos típicos são bem diferentes de acordo com cada região. Os mais conhecidos em La Paz (onde morei metade da minha vida) são: sajta, chairo, pique a lo macho, plato paceño y el chicharrón de cerdo;

Chicharrón de cerdo – Zona Latina / Reprodução

  • uma bebida popular: Chicha morada;

Recetas de comida Boliviana / Reprodução

  • uma música representativa do país: Mais do que uma música, Los Karkas é uma banda de folclore andino, talvez a mais representativa do país, a qual não pode faltar no Carnaval de Oruro, declarado como Patrimonio Intangible de la Humanidad;

  • uma dança típica: Los Caporales;

  • um livro ou escritor: A escritora e poetisa Adela Zamudio, pioneira do feminismo na Bolívia;

Adela Zamudio – Wikipedia / Reprodução

  • Um filme: El día que murió el silencio;

Programa Ibermedia / Reprodução

  • Lugares: Ruínas do Império Pré-Incaico, como Tiwanaku; os nevados, tais como: Illimani, Chacaltaya, Huayna Potosí, Mururata… que enfeitam toda a Cordilheira dos Andes; o Lago Titicaca, que é o lago navegável mais alto do mundo; a cidade de La Paz, que é uma cidade cosmopolita, cheia de misticismo e encanto;

Chacaltaya / Lugares Fantásticos – Reprodução

Os bolivianos são pluriculturais, como já comentei por aqui. Existem os tiwanacotas, aymaras, quechuas… E são tantas coisas a serem contadas, que prefiro convidar vocês para participarem do próximo Tour Andino, idealizado por mim, que será em julho de 2019. Dessa forma, poderão ter uma noção bem clara e ampla desse raio-x boliviano 🙂.

Qual expressão do espanhol você diria que é tipicamente boliviana? 

O paceño (gentílico de quem é de La Paz) costuma dizer sempre um “yaaaa” bem prolongado. Seria como dizer o “ialá” daqui. ¡Creo yo!

Mas uma expressão usada pelos paceños pode ser o “nica”, que significa ni cagando, maneira vulgar para dizer “de jeito nenhum”.

E “chupar”? Quando alguém diz: ¿Chuparemos esta noche? significa “Vamos beber hoje à noite?”. Então não se assuste se algum boliviano te perguntar: ¿Te gusta chupar?  Ele ou ela só quer saber se você gosta de beber todas? ahahaha (😂)

E qual particularidade na pronúncia do espanhol falado nesse país você destacaria? 

Os alteños, pessoal que mora en El Alto (cidade em cima de La Paz), falam um pouco diferente e errado em relação ao que conhecemos da língua culta. Posso fazer um vídeo de alguém falando desta forma e enviar para você depois da minha viagem que será em julho do presente.

(Queremos, Fabíola!😍)

Qual lugar (ou lugares), na sua opinião, os brasileiros que vão à Bolívia não podem deixar de visitar? 

Com toda a certeza do mundo, o Deserto de Sal, em Uyuni, o lugar mais lindo que já pisei na Terra!

Há algum elemento ou hábito da cultura boliviana que você mantenha até hoje? 

Sí, chupar (ajajaja 😂). Por mais que muitos não acreditem, “beber” é um hábito do boliviano. Bolívia é conhecida como o país da droga, mas são muito poucos os bolivianos que consomem droga, o boliviano gosta mesmo é de beber!

Morando longe da Bolívia, do que você mais sente falta? 

Do friozinho, amo o frio! Me sinto melhor, mais disposta quando faz frio.

Sabemos que os índios fazem parte da história da Bolívia, assim como acontece aqui no Brasil. Como você enxerga essa cultura atualmente? Na sua opinião, a cultura indígena na Bolívia tem o merecido reconhecimento e valorização? 

Sim. Como disse anteriormente, o boliviano ainda mantém bem enraizado os costumes e tradições de seus ancestrais. Eu aprendi a falar um pouco de ayamara (língua indígena) nos meus 15 anos de La Paz, e até hoje, aonde vou e falo em aymara com os aymaras. Eles gostam muito, até me entendem melhor, pois estou me aproximando mais da realidade deles. Alguns até morrem de rir 😆.

Os bolivianos também são apaixonados por telenovelas, como nós brasileiros? Você conhece alguma que tenha feito sucesso para nos indicar? 

Sim, mais do que tudo as donas de casa. E como sabemos, as melhores novelas do mundo são as brasileiras. Quase todas são dubladas em espanhol e rodam por todos os países hispanofalantes.

Como yo no soy muy novelera, no estoy segura en decirte cuál fue la novela más vista en Bolivia, pero creo que fue la novela brasileña El Clon. De novelas bolivianas yo no sé nada (😄).

Curtiu o passeio de hoje pela cultura boliviana? 👣🙂 Bom, depois desse bate-papo, a gente fica até com gostinho de quero mais! Sim, pessoal, nossa América Latina é incrível e, sim, nós amamos DEMAIS tudo isso! ❤

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Anteriores

5 expressões em espanhol que mais aparecem nas telenovelas

Próximo

Música: 5 parcerias em espanhol que você precisa ouvir!

2 Comentários

  1. Fernanda querida,
    Ficou lindo demais! Cada foto e vídeo foram super bem selecionados! Saiba que fiquei muito emocionada, quase chorei. Saiba que também te acho um arraso! Admiro pessoas profissionais, dedicadas e caprichosas como você!
    Muitíssimo obrigada pela linda e inesquecível homenagem!
    ¡Y que viva Bolivia! 😉
    ¡Besote!
    Fabiola Kim Wanderley

    • Fernanda Rosa

      Que bom que você curtiu o resultado, Fabiola!
      A Bolívia é um país cheio de belezas e com uma cultura riquíssima! ❤🇧🇴

      Este post foi, sem dúvidas, um aprendizado pra mim 🙂.
      ¡Besos! 😘

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén