Calle Hispánica

Um passeio pela cultura em espanhol

Mês: junho 2017 (Página 1 de 2)

5 músicas para curtir a sofrência em espanhol 😜

O termo “sofrência”, muitíssimo popular no Brasil, é resultado da junção das palavras “sofrimento” e “carência”.

Ou seja, uma pessoa na sofrência sente a mais pura e genuína dor de cotovelo! 😰

E certas músicas têm O PODER  de mergulhar nosso coração nessa tal sofrência. Às vezes, a letra da música nem combina com o nosso atual momento, mas a gente escuta e já começa a sofrer, mesmo sem qualquer motivo! 😆

Quem nunca compartilhou, nem que seja 10% (😜), da angústia da Maiara e Maraisa, gente?! Com aquele garçom que não troca o bendito do DVD?!

Pois é, pessoal! Para curtir a sofrência, muitas vezes nem precisa ter um corazón partío. Basta dar play em certas músicas. Músicas essas que a gente goxxta porque goxxta! 😜 E, sim, há canções en español para isso! ❤ E a Calle Hispánica separou 5, bem intensas e angustiantes para embalar qualquer sofrência 😂.

Bora conferir!? 😄

Como la Flor – Selena y Los Dinos

Como la flor (como la flor), con tanto amor (con tanto amor), me diste tú, se marchitó, me marcho hoy, yo sé perder, pero, ¡Aaaayyy! Cómo me duele
¡Aaaayyy! Cómo me duele 😰

No Es Cierto – Noel Schajris e Danna Paola

“A mí ya no sale el sol desde que tu amor se escapó, me cuesta saber quien soy yo…” 😞

Me voy a quitar de en medio – Vicente Fernández

“…Si nuestro amor se acaba, si nuestro amor termina, ya no me queda nada para vivir la vida…” 😓

Vuelveme a Querer – Cristian Castro

“…Vuélveme a querer, no me castigues, ven aquí a decir como se vive con el frío en el alma, como le hago sin ti…” 😭

 El Amor que Perdimos – Prince Royce

“…Tú me decías que me amabas, pero en mi espalda tu me engañabas, por eso es que nuestro amor ha fracasado…” 😢

Confira também: 5 músicas em espanhol que te farão chorar mais que Maria do Bairro

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Instagram: 5 perfis que te ajudarão a manter o espanhol em dia 🙂

Quando o assunto é Instagram, todo mundo, imediatamente, pensa em… 📸Fotos, claro!

No entanto, vocês já pararam para pensar que, apesar de ser focada em imagens, essa rede social também pode ser uma ferramenta muito útil para nos dar aquela forcinha no espanhol? 🤔

Afinal de contas, precisamos de uma dose mínima diária desse idioma para mantermos a prática em dia, não é mesmo? 🙂

Por isso, dei uma avaliada no meu Instagram (nandars05) e vim compartilhar com vocês os 5 perfis en español que mais curto seguir!

Confiram 😉

Pela el Diente – Uma verdadeira galeria virtual que tem o seguinte lema: Siempre habrá una excusa para sonreír.

O espaço ajuda a dar visibilidade aos ilustradores e caricaturistas de habla hispana e oferece humor sem grosserias, sem memes e também sem fotografias.

Las Definiciones – Simplesmente a comunidade que apresenta as definições mais criativas e (curiosamente!) verdadeiras que você encontrará na vida! rs

Profe_Gislaine Morais – A professora Gislaine é brasileira e mora no Chile, onde ensina Português, Espanhol e Inglês.

Em sua conta do Instagram, ela posta muitas dicas de vocabulário, gramática e curiosidades do idioma, fazendo, sempre que possível, um recorte bem interessante do espanhol falado no Chile.

Além da conta no Instagram, a Profe Gislaine também tem BlogFacebook e canal no Youtube. Vale conferir! 🙂

Suelta la Sopa é um programa de entretenimento, que traz notícias sobre a vida dos artistas. E essas notícias não se limitam à esfera pública, não!

Conforme a própria apresentação que há no site, Suelta la Sopa nos conta tudo sobre “lo que está pasando en la vida de los famosos dentro y fuera de la pantalla. Además de los secretos más íntimos de los artistas, sus camerinos y sus hogares”.

Ou seja, minha gente: Chismes, chismes y más chismes 🙊. Porque sim, a gente goxxxta! 😂

Mas, o mais legal é que a conta do programa no Instagram costuma trazer vários vídeos dos artistas, o que nos permite treinar a parte auditiva e conhecer diferentes sotaques! 🙂

Sasha Fitness. Assim é conhecida a personal trainer e nutricionista venezuelana que é uma verdadeira sensação nas redes sociais.

Sacha costuma ser definida pela imprensa como la gurú del estilo de vida saludable 🥑🥕🥗🏋.

Por isso, sua conta no instagram é ÓTIMA para nos ajudar a praticar o vocabulário relacionado às partes do corpo e também aos alimentos.

Quieres mejorar composición corporal? Quieres tener más energía? Estar de mejor humor? Dale la gasolina adecuada a tu cuerpo, cada cosa que comes tiene un efecto en tu organismo a nivel químico y hormonal que puede ayudar o perjudicarte. Si bien el número de calorías cuenta, la calidad de esas calorías determinan tu capacidad para quemar grasa, sentirte bien y tener energía, tus hormonas regulan todo, por ejemplo; jamás será la misma respuesta hormonal cuando consumes 100 calorías de harina refinada a 100 calorías en una batata al horno, la cantidad de insulina que se segregas es totalmente distinta, así que llenate de información y toma decisiones inteligentes a la hora de comer. Mi Instagram está lleno de tips y mi canal de YouTube con más de 70 vídeos está lleno de información actualizada, responsable y útil, explicada de forma sencilla y amena, cuando comencé en Instagram era una herramienta útil para enseñar, era la mejor en ese momento , poco a poco me di cuenta que la gente cada vez leen menos por aquí y hay que adaptar el contenido, evolucionar, YouTube me dió una plataforma increíble para explicar el contenido de mejor forma, más didáctica y entretenida, si todavía no estás familiarizado con mi canal te invito a que vayas porque puedes aprender mucho! Mi Instagram siempre será un espacio para promover salud, fitness, pero más a través de ejemplos, recetas y motivación, mi canal de YouTube es ahorita mi sitio preferido para desarrollar contenido más profundo y explicado en detalle😉

Uma publicação compartilhada por Sascha Barboza (@saschafitness) em

E o Instagram da Sacha tem ainda a seguinte vantagem: a de ser uma ponte com o que acontece na Venezuela (🇻🇪).

Isso porque a personal trainer costuma postar imagens sobre questões políticas e sociais do país, o que nos ajuda a conhecer e entender um pouco melhor o que se passa por lá.

En Venezuela La Policia Nacional Bolivariana (PNB) y colectivos están atacando y reprimiendo una manifestación, algo que es un derecho: libertad de expresión! La gente ya está cansada ya que lo único que han hecho es pisotear nuestros derechos, han llenado el país de violencia y pobreza, Cada vez más inseguridad, escasez, inflación y cada vez menos oportunidades para progresar, El Bolívar no vale nada , no hay medicinas, los servicios públicos cada vez peores. Vivir con lo básico ya es un lujo en nuestro País! .. en estos momentos la situación es algo incierta no sabemos bien cómo progresan las cosas porque nuestro único medio de información son las redes sociales ya que los medios tradicionales en Venezuela no muestran lo que está sucediendo. 🇻🇪

Uma publicação compartilhada por Sascha Barboza (@saschafitness) em

E então, quais perfis hispânicos vocês mais curtem seguir no Instagram? Me contem nos comentários! Vamos compartilhar dicas e espalhar (ainda mais!) o espanhol pelo mundo 🌎❤🙂.

Confira também: Qual a vantagem das telenovelas latinas para quem deseja praticar o espanhol?

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

As Melhores Parcerias do (incrível 😍) Alejandro Sanz – Parte II

Sim! Vamos ter mais um post sobre as parcerias do (incrível 😍) Alejandro Sanz. E, antes de começarmos com a nossa playlist, gostaria de informar três coisas:

1 Realmente, Alejandro es mi cantante favorito. Mas, DOIS posts sobre ele não têm absolutamente nada a ver com isso, ok?

2 O Ale, Alejandro está sempre somando sua magia à magia de outros cantores, que também são incríveis! Então, ele mais que merece espaço aqui na Calle.

3 Leia o primeiro ponto mais uma vez. Ok. Esse item é parcialmente mentiroso, porque, é claro que eu amo fazer posts sobre o Alejandro💓.

Mas, o número 2 é TOTALMENTE verdadeiro! Ele faz parcerias incríveis e nós vamos conferir isso ahorita mismo 🙂. Bora lá!

Alejandro Sanz e The Corrs – Una Noche 

Alejandro Sanz e Lena – Tu corazón

Alejandro Sanz e “Veveta” – Não Me Compares (Gostaria de dizer que, para arrebatar de vez o nosso ❤, o “homi” também toca piano! 🎹😍)

Alejandro Sanz e Ana Carolina – Irrepetível (Me Sumerjo)

Alejandro Sanz e Marc Anthony – Deja Que Te Bese 

E aí? Qual das parcerias do Alejandro é a sua favorita? Me conta nos comentários! 🙂

Bom, como boa libriana que sou, não consigo escolher apenas uma rsrsrs  Eu, simplesmente, amo todas! ❤

Confira também:

As melhores parcerias do (maravilhoso!) Alejandro Sanz – Parte I

É fã do Alejandro Sanz? Então reserve o dia 24 de junho na sua agenda

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

5 Mulheres hispânicas que você deveria conhecer 😉

Responda rápido: Cite uma mulher do universo hispânico que, de uma forma ou de outra, tenha marcado a história.

Aposto que a diva Frida Kahlo veio à sua mente, não é mesmo?! Sim, a (Maravilhosa! ❤) Frida é uma excelente resposta. Mas, e se eu pedir para você citar mais uma, além dela? 🤔

Pois é, pessoal. O espanhol é falado em diversos países e por muitíssima gente. No entanto, quando o assunto é personalidades históricas, normalmente só conhecemos as figuras que a grande mídia nos apresenta.

Porém, podemos e devemos ir além. Conhecer referências e personagens que fazem parte do contexto hispânico, é uma ótima forma de manter contato com o idioma. E, pensando nisso, hoje a Calle Hispánica traz 5 mulheres que você deveria conhecer.

Obs.: Como essas “minas” têm uma história e tanto de vida, fiz uma apresentação breve e, para complementar, selecionei um vídeo en español para cada uma, que entrará como o nosso “Y además…”, ¿vale?

Rigoberta Menchú 🏹

Líder indígena, defensora dos Direitos Humanos e membro do grupo Quiché-Maia, Rigoberta Menchú nasceu em 1959, no município de Uspantán, na Guatemala.

Começou a trabalhar aos 5 anos em plantações de algodão e café.

Devido às péssimas condições de trabalho, Rigoberta perdeu familiares e amigos, vítimas da violência rural.

A guatemalteca luta, desde jovem, em favor dos Direitos dos povos indígenas e recebeu, em 1992, o Prêmio Nobel da Paz. Em 1998, também foi agraciada com o Prêmio Príncipe de Asturias de Cooperación Internacional.

Y además…

Leona Vicário 💪

Nascida em 1789, Leona Vicário tem seu nome atrelado ao processo de independência do (nosso amadíssimo!💚) México.

Órfã aos 18 anos, Leona herdou dos pais uma fortuna considerável. No entanto, ela entregou boa parte da herança ao movimento de Independência. Além disso, Leona Vicário também protegeu fugitivos e colaborou com os rebeldes, passando-lhes informações e outros recursos que se faziam necessários, como medicamentos, por exemplo.

Agora, me digam: Lendo dois parágrafos da história dessa mina, COMO nunca fizeram uma novela sobre ela?! PENSEM!? #FicaADica para a Televisa 😜 rsrs

Y además…

Policarpa Salavarrieta 💪

Bela, recatada e do lar. Só que nunca! 😆 rsrsrs Policarpa Salavarrieta teve atuação de destaque no período de independência da Colômbia, sendo considerada uma verdadeira heroína.

Lutadora, valente e ativa, Policarpa, também conhecida como La Pola, levava informações aos rebeldes, comprava material de guerra e conseguia a adesão de mais jovens aos grupos patriotas.

Descoberto o seu envolvimento com os rebeldes, La Pola foi capturada, acusada por crime político e condenada à morte. Mas, é CLARO que o nome dela segue firme forte na história colombiana.

Y además…

Gabriela Mistral 📚📖

Lucila Godoy Alcayaga, que adotou o pseudônimo de Gabriela Mistral, nasceu no Chile, em 1889, e foi poetisa (das grandes!), diplomata e pedagoga.

Gabriela Mistral é um dos principais nomes da poesia chilena. Lutou pela educação pública e obrigatória no Chile e também pela igualdade de direitos para as mulheres.

Em 1945, recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, transformando-se na primeira mulher da América Latina a receber um Nobel (❤).

Gabriela Mistral destinou os direitos econômicos de suas obras publicadas na América para as crianças de Montegrande, localidade chilena onde passou sua infância.

Y además…

Carmen Amaya 💃

Cigana, cantora e bailarina de flamenco, Carmen Amaya nasceu em 1918, em Barcelona, e fez história con su estilo de baile.

Carmen revolucionou o flamenco, em especial para a figura feminina, a qual passou a ter mais destaque e liberdade na execução dos movimentos de dança.

Y además…

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

As melhores parcerias do (maravilhoso ❤) Alejandro Sanz

No próximo dia 24/06, vai acontecer o esperado show Más es Más, do (maravilhoso ❤) Alejandro Sanz. Conforme falamos aqui no blog, o espetáculo será realizado em Madrid e transmitido para o mundo inteiro.

Como a Calle Hispánica já está na contagem regressiva à espera do show, o post de hoje traz algumas das melhores parcerias que o nosso Ale, Alejandro já fez!

Confira!

A Que No Me Dejas – Alejandro Sanz e Alejandro Fernandez (Pra que ter só um Alejandro, se podemos ter dois numa música só?! 😜)

Te lo Agradezco, Pero No – Alejandro Sanz y Shakira

La Tortura – Alejandro Sanz e Shakira (de nuevo! rs)

Looking for Paradise – Alejandro Sanz e Alicia Keys

Vivieme – Alejandro Sanz e Laura Pausini

Confira também: Alejandro Sanz de um jeito que você ainda não ouviu

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

5 frases que todo estudante de espanhol detesta ouvir 😵

E no tutorial de hoje, nós vamos aprender a como #chatear um aluno de espanhol em 5 frases 😩. E digo aluno/estudante porque, a partir do momento em que começamos a estudar um idioma novo, não paramos nunca mais!

Mesmo quem cursou Letras e já se formou, quem já dá aulas, quem trabalha como tradutor ou, ainda, quem já terminou o curso regular e usa o idioma para outros fins. Não tem jeito! Quem ama o espanhol e não quer perder para o tempo os aprendizados adquiridos, segue firme nos estudos, não é mesmo?! 🙂

No entanto, ao longo desse trajeto, a gente escuta CA-DA-COI-SA sobre o espanhol, que sinceramente… 😶.

Então, bora conferir 5 frases que nos dizem sobre o espanhol e que mais nos irritam y que nos sacan de nuestras casillas?! 😆

Obs.: respira fundo daí que eu respiro fundo daqui! 😜 rsrs

É mais fácil, né?! – Eu juro que não sei quem foi o ser humano que inventou isso. Sério! Sabemos que o espanhol é lindo, é apaixonante, é caliente, é instigante e mais um monte de coisa. Mas fácil, meus amigxs?! Não é MESMO!

No meu caso, comecei a estudar esse idioma aos 14 anos e, até hoje (com 29), ainda compro livros de gramática para continuar aprendendo e também para reforçar cada um dos zilhões de pontos da língua espanhola, como os tempos verbais e os complementos.

Um bom dicionário resolve – Navegando nessa crença de que espanhol é fácil, as pessoas também acreditam, de todo coração, que quando é preciso colocar o espanhol pra jogo, basta contar com um bom dicionário. Ah, a ingenuidade… rsrs

Bom, vamos lá! Um idioma, qualquer que seja ele, apresenta uma estrutura própria que vai muito além de palavras. Com o espanhol não é diferente. A assimilação dessa estrutura é que permite ao aluno falar a nova língua de forma mais natural.

Então, um dicionário ajuda? Claro! Mas, falar espanhol não se resume a substituir palavras. Isso o Google Tradutor faz. Nós, seres pensantes, temos que ir além disso. E os verbetes de um dicionário não dão conta desse “ir além” que todxs nós almejamos.

Entonces, ¡ni modo! Tenemos que estudiar y seguir estudiando siempre 🙂.

É igualzinho ao português! – Por favor, apenas PAREM com isso! Sim, há alguma semelhança entre os dois idiomas e há termos parecidos, como La Casa / A Casa. Mas parem de diminuir as complexidades pertinentes ao espanhol, confiando nessa crença.

Afinal de contas, na hora de conversar com um nativo, ninguém nessa vida sustenta um diálogo usando apenas as palavras que são semelhantes ao português. La casa es bonita. E acabou o papo, né?! 😐

Além disso, justamente por esse semelhança entre os dois idiomas, o risco de confundir algumas estruturas e falar espanhol dentro da forminha do português é enorme!

E ainda há outra questão (muito importante!) a ser lembrada. O espanhol é o idioma de diversos países. E sabemos muito bem o que isso significa: morango, na Espanha, é fresa; Já na Argentina, o mais usual seria frutilla. Ou seja; varia bastante, meus carxs!

Confira mais exemplos no vídeo abaixo:

E, além das palavras, cada país tem suas gírias e expressões que somente são compreendidas dentro daquela região. Um ótimo exemplo é a mexicaníssima frase ¿Qué Pachuca por Toluca?, usada para perguntar ¿Qué pasó?

Ou seja: dá para confiar na semelhança entre português e espanhol? Não.

Mas, e o inglês? A gente pode falar espanhol, francês, italiano, russo ou mandarim. Não adianta. Sempre vai aparecer um ser humano no nosso caminho para perguntar: “Mas você também fala inglês, né?!”. E se você entrar nesse papo, ele vai te explicar que o inglês é o idioma que manda no mundo, que o inglês é o idioma dos negócios e do sucesso e blá, blá, blá, whiskas sachê (😑).

Sim, nós sabemos (e não negamos!) a relevância do inglês no mundo globalizado. No entanto, isso não nos obriga a dar prioridade a esse idioma, correto?! No meu caso, estudei inglês também porque, como jornalista, considero importante ter alguma independência com relação a essa língua.

Mas, minha paixão da vida toda sempre foi o espanhol. E temos aqui a Calle Hispánica como prova mais concreta disso! ❤ rsrs

Nunca estudei espanhol, mas entendo tudo de boas – (esta sí que me cae en la punta del hígado!) Ok, vamos lá! Se o amigx não conhece as nuances pertinentes a cada um dos tempos verbais, não sabe da existência do artigo neutro, não faz ideia do tanto de coisa que se pode expressar com me lo, te lo, se lo e suas variantes…oras! O AMIGX NÃO ENTENDE TUDO DE BOAS, concordam? Obrigada, de nada! rsrs

E aí, pessoal? Qual dessas frases vocês mais escutam? Vocês conhecem alguma outra que não esteja na lista? Me contem nos comentários! 😉

Confira também: Para ser tradutor, basta dominar um segundo idioma?

Y además…

Un video especialmente dedicado a la gente que dice “español es muy fácil!” 😜

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Dia dos Namorados: 5 músicas em espanhol para curtir a data ❤

Aproveitando o clima enamorado que paira pelo ar, a Calle traz, nesta véspera de Dia dos Namorados, uma playlist que é puro amor 💞.

[Aaaayyy, el amoRRRR 💘]

Então, confira 5 músicas para embalar (no melhor estilo!) um bom romance !📻🙂

Una Flor – Juanes

(Pensem num clipe FOFO! É esse do Juanes!💖)

“Una flor voy a regalarte esta noche de luna llena, para confesarte lo mucho que me gustas, lo mucho que hay en una flor…” 🌹

Para Mí – Alejandra Guzmán

“…Hoy quiero que me digas sin palabras, abrazame y desnudame con calma, regálame una noche que no tenga mañana, quédate, quédate para mí…” ❤

Más Que Suerte – Beatriz Luengo e Jesús Navarro

“Y llegas con la tormenta a demostrarme que sin duda con tu paraguas bailaré la lluvia…” 💛

Solamente Tú – Pablo Alborán

“…Haces que mi cielo vuelva a tener ese azul, pintas de colores mis mañanas solo tú…” 💚

Te Vi Venir – Sin Bandera

“…Por que te vi venir y no dude, te vi llegar y te abrasé y puse toda mi pasión para que te quedaras…” 💙

Confira também: 5 músicas fofíneas em espanhol para você mandar para o crush ❤

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

5 músicas em espanhol para você se jogar na balada 😜

Vamos em ritmo de balada, hoje? Afinal de contas, o final de semana já está logo ali e nós já estamos no embalo, igual a Shakira, Shakira! 😜

E sabe o que é melhor, pessoal? Curtir a balada en español! ❤

Confira as 5 músicas que a Calle selecionou especialmente para animar las noches de fiesta! 💃🕺

 Dimelo al Reves – Gloria Trevi

Súbeme la Radio – Enrique Iglesias

El Perdón – Nicky Jam e Enrique Iglesias

Safari – J. Balvin e Pharrel Williams Pharrel, Bia e Sky

Ginza – J. Balvin

Confira também: 5 músicas em espanhol para cantar e dar a volta por cima😉

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Os Argentinos: 5 motivos pelos quais você deveria ler o livro de Ariel Palacios

Vamos falar sobre Os Argentinos? 🙂 Demorei, mas voltei para falar sobre o livro do jornalista Ariel Palacios. 👓📚

Como alguém que está acostumado (e ama!❤) um drama e um carrossel de emoções, meu primeiro pensamento antes de embarcar na obra foi: Ok, esta será uma leitura linear e estável 🙂. E já adianto que eu estava enganada! rsrs

O livro de Ariel Palácios faz uma abordagem bem bacana a diversos aspectos referentes à Argentina, mostrando ao leitor que a terra e a cultura de nuestros hermanos tem muito mais que futebol, alfajor e Casa Rosada.

Então, aí vão os 5 pontos que me chamaram a atenção:

Conta a história do país – Para começar, a história.

Ariel Palacios abre o livro falando sobre a formação da Argentina que inicialmente apresentava uma mistura de espanhóis, indígenas e africanos. De 1860 em diante, milhões de imigrantes europeus chegaram ao país, fazendo com que o lado criollo perdesse espaço.

As turbulências políticas e monetárias pelas quais a Argentina passou também são pontuadas. Domingo Perón, Evita, ditadura, os presidentes que assumiram após esse período, os dramas econômicos e o calote. Esses capítulos conturbados da história argentina quebram a tal estabilidade que eu, erroneamente, imaginei que a leitura apresentaria. (E que ótimo, né pessoal?! Porque a gente gosta mesmo é de um drama! 😜 rsrs).

Só no quesito “Moeda” já daria assunto para uma novela mexicana inteira!

“Durante quase três anos – de 2001 a 2003, no meio da pior crise financeira, social e econômica da Argentina –, o país teve 14 ‘moedas paralelas’, ou ‘pseudomoedas’, além do próprio peso, a moeda nacional (e, de quebra, o dólar, cujo intenso uso transformou a Argentina no país com maior número de dólares nas mãos da população depois dos EUA e da Rússia…). Isto é, um total de 16 moedas”.

De forma geral, as explicações voltadas para a história do país nos ajudam a compreender melhor o processo de construção da Argentina dentro do contexto global e também como a região adquiriu os ares europeus que vemos pairar por lá.

Explica a diferença entre espanhol e castelhano

Gente, quem nunca se perguntou a diferença entre espanhol e castelhano?🤔 Pois é! E o Ariel Palácios marcou um pontaço ao explicitar, sem rodeios, essa questão já no início do capítulo Que Língua Eles Falam?

“Quem estiver lendo este livro terá visto que em alguns países fala-se o ‘espanhol’ e em outros o ‘castelhano’. São idiomas diferentes? Não. São exatamente a mesma coisa. A nuance é puramente uma decisão sobre como chamar o idioma que surgiu na península ibérica há séculos e dali, por intermédio dos conquistadores enviados para o outro lado do Atlântico, expandiu-se no Novo Mundo”.

O futebol

Claro que o tema “Futebol” não poderia ficar de fora, né?! Os Argentinos conta a história do chamado superclásico argentino: Boca x River. De acordo com Ariel Palacios, o embate é o evento que mais concentra a atenção do jornalismo esportivo local e da torcida.

E é nessa parte do livro em que o jornalista aborda sobre o mítico Brasil x Argentina (🇧🇷 X 🇦🇷).

Sobre o tango

Todo mundo se rende aos encantos de um bom tango, não é mesmo?! Mas a verdade é que pouca gente conhece as origens desse ritmo. Eu, por exemplo, confesso que não conhecia.

E se você também não conhecia, posso te adiantar que o tango tem origem na comunidade negra portenha.

“O tango surgiu por volta de 1877, no bairro de Montserrat, situado entre a Casa Rosada e o atual Congresso Nacional. Na época, ali residiam os descendentes dos escravos negros que haviam sido libertos em 1813”.

Daí em diante, o autor reconstrói a história do ritmo, contando, por exemplo, como o tango tornou-se popular na Europa antes mesmo de ser reconhecido na Argentina.

A Verdadeira Rivalidade Argentina (que não é o Brasil)

Esse capítulo, na minha opinião, foi o mais revelador e interessante! Afinal, quando se fala em Argentina, (nós, brasileiros) pensamos logo na tal rivalidade, sempre tão comentada. Como eu disse, nós brasileiros. Mas e os argentinos? Será que eles também sentem essa mesma rivalidade?

Então… não vou contar “quem”, segundo o Palacios, seria o verdadeiro rival argentino. Mas, posso lhes adiantar o seguinte trecho do livro: Em termos futebolísticos, “apenas por duas décadas, dos anos 1960 até 1980, o Brasil ocupou posto de rival principal”. Ou seja, meus amigxs, hay alguien más en esta historia 😜 #FicaADica!

Dito tudo isso, a leitura de Os Argentinos vale bastante! Para quem curte história, para quem é apaixonado pelo país do Messi, para quem é amante da cultura e para quem sempre está no rastro da língua espanhola.  E por falar em espanhol, o livro também traz algumas expressões e gírias tipicamente argentinas, o que pode ser bastante interessante para quem planeja viajar pra lá 🙂.

Gostou da Calle Hispánica? Então curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Falando sobre Música Latina, no programa Caleidoscópio, da TV Horizonte

Eu me formei em Jornalismo em 2010. De lá pra cá, entrevistar fontes é o que mais faço no exercício da minha (queridíssima!❤) profissão. E como eu amo fazer isso, pessoal! Especialmente agora, que a Calle tem me levado a buscar personagens que nos contem mais sobre a cultura em espanhol.

E, então, entrevistar é o que faço, correto?! 🙂 Correto! Mas… Pera! ✋

Na última sexta-feira (02/06), surgiu a oportunidade para participar (ao vivo!), do programa Caleidoscópio, da TV Horizonte. O tema foi um dos assuntos que me fascinam: Música Latina 💚. (Sim, o sucesso de Despacito continua rendendo frutos incríveis para nossa cultura e para nossa música!)

Como libriana de raiz que sou, na hora bateu aquela dúvida! “Programa ao vivo?! Será que vou me sair bem?! 😰”.

Mas, graças aos meus amigos – (Fernanda, VAI!) – eu decidi e fui!

[Obs.: Gracias, amigos ❤]

Resultado: Simplesmente AMEI a experiência. Sim, fiquei nervosa. Afinal, não teríamos o “CortA! 🎬 Vamos refazer essa parte”. Era ao vivo e em cores, meus carxs! 📺

Sim, bate aquele friozinho na barriga! rsrsrs Mas toda a equipe do programa foi super atenciosa e isso fez a diferença para que todos nós ficássemos mais à vontade 🙂.

Alejandro e Juanes

Após o programa, algumas pessoas me fizeram a seguinte pergunta: “Quando questionada quanto a um artista favorito, você citou o Juanes. Mas você mesma vive dizendo que o Alejandro Sanz é o seu cantor da vida. E aí? Por que não mencionou o Alejandro?”

Pessoal, o Alejandro Sanz é o meu cantor favorito. Admiro demais o trabalho desse homem e, além de tudo, a música dele fez despertar em mim a paixão que tenho por esse idioma ❤ – (Inclusive, caro Alejandro, minha meta profissional é entrevistar você. E #EuChegoLá! 😜).

No entanto, o programa era sobre música latina e o Ale, Alejandro, é espanhol.

Então, aqui pelas bandas da América Latina (🌎), o artista que mais curto é sim o Juanes. Conforme falei durante o programa, ele é original de uma forma como poucos são! Ainda que sua música passeie por um estilo variado (como é possível notar em seu último álbum Mis Planes Son Amarte), é muito fácil sentir como ele estampa suas raízes e sua cultura em cada verso. E isso é mágico! Isso é coisa de quem ama o que faz, de quem ama sua terra 💓.

O que mais gostei nisso tudo

Um programa dedicado à música latina, gente! Como sempre faço questão de reforçar, essa visibilidade é fundamental para redescobrirmos o valor da nossa cultura (Sim, precisamos redescobrir esse valor!). Somos nós em destaque 📺📻🎙. Trata-se da nossa vibração, de nuestros colores e da nossa energia.

Então, parabéns à equipe do Caleidoscópio pela iniciativa de promover a reflexão quanto ao tema! 👏👏

Momento Paola Bracho

Desde que decidi estudar espanhol, passei a vida escutando puras babosadas como, “Para que você vai estudar esse idioma? Espanhol não vai te levar a lugar nenhum, não!”. Ou então: “Novela mexicana?? Nooossa, que coisa mais brega!”.

Por isso, eu PRECISO abrir meu ❤: No momento em que me sentei naquela cadeira, sabendo que eu estava ali para falar sobre um determinado assunto, com base na experiência que adquiri ao longo de todos esses anos (graças a essa paixão pelo espanhol, pelas novelas latinas e pelas músicas nesse idioma), confesso que brotou dentro de mim aquela gargalhada que só a diva Paola sabe dar! 😂

Então é isso, pessoal! Compartilho com vocês os vídeos do programa Caleidoscópio  e espero que tenham curtido, assim como eu, essa experiência. E vamos seguir espalhando espanhol por esse mundão, sim ou desde luego que sí? 🙂

Programa Caleidoscópio – É Pop, é Latino – Bloco 1

Programa Caleidoscópio – É Pop, é Latino – Bloco 2

Programa Caleidoscópio – É Pop, é Latino – Bloco 3

Programa Caleidoscópio – É Pop, é Latino – Bloco 4

Confira também:

Somos insistência, somos resistência, SOMOS latinos!
DES-PA-CITO: 5 motivos que fizeram da música verdadeiro um sucesso

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén