Calle Hispánica

Um passeio pela cultura em espanhol

Categoria: Listas (Página 2 de 4)

As músicas brasileiras en español que você PRECISA ouvir!

Músicas que amamos! ❤ E algumas delas têm o poder de, simplesmente, não-en-ve-lhe-cer! 🙂

São clássicos que marcaram época e,independente do ano de lançamento, seguem na nossa playlist até hoje.

No caso das canções brasileiras, algumas ganharam o mundo e, com tamanha popularidade, ganharam também versões em espanhol! (Para noooossa alegria! 😍)

Hoje, a Calle Hispánica traz 5 queridinhas “invelhecíveis” en español!

Confere essa seleção aí!

(Obs.: “prestenção” na primeira da lista! 😍)

Evidencias – Ana Gabriel

Sim pessoal! Esse hino que arrebata nosso coração tem uma versão em espanhol para chamar de sua! 💜

Composta por José Augusto, Evidências foi lançada em 1990, na voz de Chitãozinho e Xororó. Lá na terra da Maria do Bairro, a música é interpretada (com toda intensidade que merece! ❤) pela cantora mexicana Ana Gabriel.

“…Es una locura el decir que no te quiero 
Evitar las apariencias ocultando evidencias 
Mas porque seguir fingiendo sino puedo engañar mi corazón 
Yo se que te amo…”

➡ ISSO É UM HINO, meus amigxs! 😍

La Chica de Ipanema – Jarabe de Palo

E o que podemos dizer de Garota de Ipanema? Simplesmente, A música quando o assunto é Bossa Nova, verdade?!

Escrita por Vinícius de Moraes e Tom Jobim, o tema foi lançado no ano de 1963.

E a galera do grupo Jarabe de Palo, lá de Barcelona, converteu esse clássico da música brasileira ao espanhol 🙂.

“…Mira que cosa más linda, mas llena de gracia
Es esa muchacha, que viene y que pasa
Con su balanceo, camino del mar
Nina de cuerpo dorado, del sol de ipanema
Con su balanceo, es todo un poema
La chica más linda que he visto pasar…” 

Que Más – Pedro Capó

A música Resposta ( que eu AMO! ❤) foi escrita por Nando Reis, inspirada no fim de seu relacionamento com a cantora Marisa Monte (só eu que não sabia desse babado?? 😮🤔).

A canção já foi interpretada pelos muchachos do Skank e também por Milton Nascimento. E, en español, temos essa versão increíble na voz de Pedro Capó 😍.

(Obs.: Eu, simplesmente, não dou conta dessa voz com areia que esse muchacho tem ❤)

“…Qué más 
debo comprometer 
par poder evitar 
este infierno 

Qué más 
esta la vida doy 
solo quiero continuar 
lo nuestro…”

Vamos a Huir – Pedro Capó

Sim, pessoal, ainda ele! rs Pedrito também fez sua versão de Vamos Fugir, música composta por Gilberto Gil e Liminha, e lançada em 2004.

“…Solo dime que irás más allá, mas allá
Donde las lluvias de tus besos calmen mi calor
Para dos, solo dos
Cualquier otro lugar común
Con tal de que tu estés
Allá iré, te seguiré
Cualquier otro lugar de sol
Otro lugar al sur
De cielo azul, de cielo azul

Donde nuestros cuerpos desnudos
Rebienten de luz…”

Flor de Lis – Ketama

Contando ninguém acredita, mas Flor de Lis já tem 41 anos! 😮 Lançada em 1976, a música foi o primeiro single promocional do primeiro álbum da carreira do (maravilhoso 💚) Djavan.

E qual não foi a minha surpresa quando descobri que o grupo espanhol Ketama gravou uma versão da música! 😍 E o melhor: Eles mantiveram aquele temperinho de samba, que é o selo de hecho en Brasil (🇧🇷) dessa canção.

“…mi jardin de la vida se secó y murió
donde pisaba Maria ni margarita nació…”

Gostou da Calle Hispánica e não quer perder nenhuma postagem? Então, curta a Fan Page no Facebook e siga a Calle no Instagram! 😉

#Desapega: 5 músicas en español para dar adeus a quem não te merece!

E quem nunca penou para colocar um ponto final (DEFINITIVO!) numa relação bizarra com aquele crush que não vale nem R$ 1,99?! 😥

Pois é, pessoal. O fato de sermos esse poço de bondade e candura que somos (porque SOMOS!😇), não nos deixa imunes aos efeitos colaterais provocados por certas criaturas de corazón de hielo (o, quizá, sin corazón) que encontramos pela vida afora.

Quem não passou por essa situação, certamente conhece outra pessoa que já tenha passado. E, no final das contas, a verdade é uma só: O desapego dessa criatura é fundamental e indispensável!

Anotem aí: Pedra que nos faz tropeçar, deixamos pra trás! 😜

Pensando nisso, a Calle Hispánica separou 5 músicas empoderadas para você dar aquele ADIÓS (sim, em letras garrafais!) a esse encosto que vem tirando seu sossego.

Confira! 🙂

Vete, Vete – Matisse

“…Hoy amablemente y discretamente
Te pido vete, vete
Vete, vete, ya vete…”

Camila – Decidiste Dejarme

“Tu decidiste dejarme tu disparaste primero
Ni se te ocurra acercarte no te perdono ni quiero
Nada más de ti y aunque tu recuerdo arde
No voy a caer otra vez llegaste tarde…”

Te Dejo Madrid – Shakira

“Yo no quiero cobardes
Que me hagan sufrir
Mejor le digo adiós
A tu boca de anís…”

Ahora Te Puedes Marchar – Luis Miguel

“…y ahora me llamas
me quieres ver
me juras que has cambiado
y piensas en volver
si no supiste amar
ahora te puedes marchar
aléjate de mí…”

Es Tarde – Juanes

“Y ahora soy yo quien dice no oh oh
No llames, no vengas, no entiendes que
Ya te olvidé
se siente bien mirarte y no ver el amor de ayer…”

Gostou da Calle Hispánica e não quer perder nenhuma postagem? Então, curta a Fan Page no Facebook e siga a Calle no Instagram! 😉

La voz/ The Voice: As 5 melhores apresentações en español 🎶

E falando em La Voz/ The Voice… 🗣🎙

A Calle Hispánica aproveitou o embalo do post anterior para trazer as 5 melhores apresentações em espanhol 🙂.

Confira nossa seleção 😉

Elia Esparza – The Voice Estados Unidos (2016)

[Só um comentário: Essa foi uma das únicas vezes em que vi Adam Levine virar a cadeira para um participante que estivesse cantando uma música em espanhol. Apenas observo! 👀 rs]

Carlos Torres – La Voz Espanha (2016)

Alexey Martinez – The Voice Brasil (2016)

(Por que mesmo o Brasil não adotou um nome em português para o programa, assim como os países hispânicos fizeram? 🤔)

Gustavo Corvalan – La Voz Argentina (2012)

Cáthia – The Voice Estados Unidos (2013)

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Dobradinha: 5 músicas metade em Espanhol e metade em Inglês

Nós amamos DEMAIS as zilhões de músicas cantadas em espanhol do início ao fim! 💚

Mas, nós também amamos aquelas dobradinhas espertas, que nos permitem não só hablar, mas também botar pra jogo o nosso inglês (nem sempre tão avançado, às vezes nada fluente, maaaas, nosso inglês, não é minha gente?!😜).

Pensando nisso, a Calle Hispánica traz hoje, 5 músicas metadinha en Español e metadinha in English.

Vem conferir essa lista e cantar com a gente! 🙂

El Ratico – Juanes e Kali Uchis

Cosas de la Vida – Eros Ramazzotti e Tina Turner

Te Busqué – Juanes e Nelly Furtado

 Feliz Navidad – Thalia e Michael Bublé

 Stand By Me – Prince Royce

Confira também: Dobradinha: 5 músicas metade em espanhol e metade em português 🙂

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Artistas não hispânicos que mandam bem cantando em espanhol

Embarcando na onda do meme “Você não”, que está rolando pelas redes sociais, hoje a Calle Hispánica traz a lista de 8 cantores que não têm o espanhol como língua nativa, mas mandam super bem quando cantam nesse idioma.

São eles: Andrea Bocelli, Beyoncé, Nelly Furtado, Christina Aguilera, Jennifer Lopez, Laura Pausini, Eros Ramazzotti e Madonna.

E no posto de “Você não”, temos o Justin Biebier! 🙈 rsrsrs

Por que o Bieber não?

Amigxs, vamos combinar? A gente escuta o Justin Bieber cantando Despacito e, na hora, vem a sensação de que falta alguma coisa 🤔. E eu arriscaria dizer o que falta: Aquele toque caliente, vibrante y fuerte que é A CARA dessa música e A CARA do espanhol. Digamos que faltou tempero 😆 rsrs.

Então, por isso, o cantor foi “premiado” com a posição do “você não” nesse meme feito especialmente pela Calle 😜 rsrsrs.

Obs: Clique nas bolinhas vermelhas que aparecem sobre cada imagem e confira o vídeo com esses cantores colocando o espanhol pra jogo! 😉 rs

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

5 músicas para curtir a sofrência em espanhol 😜

O termo “sofrência”, muitíssimo popular no Brasil, é resultado da junção das palavras “sofrimento” e “carência”.

Ou seja, uma pessoa na sofrência sente a mais pura e genuína dor de cotovelo! 😰

E certas músicas têm O PODER  de mergulhar nosso coração nessa tal sofrência. Às vezes, a letra da música nem combina com o nosso atual momento, mas a gente escuta e já começa a sofrer, mesmo sem qualquer motivo! 😆

Quem nunca compartilhou, nem que seja 10% (😜), da angústia da Maiara e Maraisa, gente?! Com aquele garçom que não troca o bendito do DVD?!

Pois é, pessoal! Para curtir a sofrência, muitas vezes nem precisa ter um corazón partío. Basta dar play em certas músicas. Músicas essas que a gente goxxta porque goxxta! 😜 E, sim, há canções en español para isso! ❤ E a Calle Hispánica separou 5, bem intensas e angustiantes para embalar qualquer sofrência 😂.

Bora conferir!? 😄

Como la Flor – Selena y Los Dinos

Como la flor (como la flor), con tanto amor (con tanto amor), me diste tú, se marchitó, me marcho hoy, yo sé perder, pero, ¡Aaaayyy! Cómo me duele
¡Aaaayyy! Cómo me duele 😰

No Es Cierto – Noel Schajris e Danna Paola

“A mí ya no sale el sol desde que tu amor se escapó, me cuesta saber quien soy yo…” 😞

Me voy a quitar de en medio – Vicente Fernández

“…Si nuestro amor se acaba, si nuestro amor termina, ya no me queda nada para vivir la vida…” 😓

Vuelveme a Querer – Cristian Castro

“…Vuélveme a querer, no me castigues, ven aquí a decir como se vive con el frío en el alma, como le hago sin ti…” 😭

 El Amor que Perdimos – Prince Royce

“…Tú me decías que me amabas, pero en mi espalda tu me engañabas, por eso es que nuestro amor ha fracasado…” 😢

Confira também: 5 músicas em espanhol que te farão chorar mais que Maria do Bairro

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

As Melhores Parcerias do (incrível 😍) Alejandro Sanz – Parte II

Sim! Vamos ter mais um post sobre as parcerias do (incrível 😍) Alejandro Sanz. E, antes de começarmos com a nossa playlist, gostaria de informar três coisas:

1 Realmente, Alejandro es mi cantante favorito. Mas, DOIS posts sobre ele não têm absolutamente nada a ver com isso, ok?

2 O Ale, Alejandro está sempre somando sua magia à magia de outros cantores, que também são incríveis! Então, ele mais que merece espaço aqui na Calle.

3 Leia o primeiro ponto mais uma vez. Ok. Esse item é parcialmente mentiroso, porque, é claro que eu amo fazer posts sobre o Alejandro💓.

Mas, o número 2 é TOTALMENTE verdadeiro! Ele faz parcerias incríveis e nós vamos conferir isso ahorita mismo 🙂. Bora lá!

Alejandro Sanz e The Corrs – Una Noche 

Alejandro Sanz e Lena – Tu corazón

Alejandro Sanz e “Veveta” – Não Me Compares (Gostaria de dizer que, para arrebatar de vez o nosso ❤, o “homi” também toca piano! 🎹😍)

Alejandro Sanz e Ana Carolina – Irrepetível (Me Sumerjo)

Alejandro Sanz e Marc Anthony – Deja Que Te Bese 

E aí? Qual das parcerias do Alejandro é a sua favorita? Me conta nos comentários! 🙂

Bom, como boa libriana que sou, não consigo escolher apenas uma rsrsrs  Eu, simplesmente, amo todas! ❤

Confira também:

As melhores parcerias do (maravilhoso!) Alejandro Sanz – Parte I

É fã do Alejandro Sanz? Então reserve o dia 24 de junho na sua agenda

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

5 Mulheres hispânicas que você deveria conhecer 😉

Responda rápido: Cite uma mulher do universo hispânico que, de uma forma ou de outra, tenha marcado a história.

Aposto que a diva Frida Kahlo veio à sua mente, não é mesmo?! Sim, a (Maravilhosa! ❤) Frida é uma excelente resposta. Mas, e se eu pedir para você citar mais uma, além dela? 🤔

Pois é, pessoal. O espanhol é falado em diversos países e por muitíssima gente. No entanto, quando o assunto é personalidades históricas, normalmente só conhecemos as figuras que a grande mídia nos apresenta.

Porém, podemos e devemos ir além. Conhecer referências e personagens que fazem parte do contexto hispânico, é uma ótima forma de manter contato com o idioma. E, pensando nisso, hoje a Calle Hispánica traz 5 mulheres que você deveria conhecer.

Obs.: Como essas “minas” têm uma história e tanto de vida, fiz uma apresentação breve e, para complementar, selecionei um vídeo en español para cada uma, que entrará como o nosso “Y además…”, ¿vale?

Rigoberta Menchú 🏹

Líder indígena, defensora dos Direitos Humanos e membro do grupo Quiché-Maia, Rigoberta Menchú nasceu em 1959, no município de Uspantán, na Guatemala.

Começou a trabalhar aos 5 anos em plantações de algodão e café.

Devido às péssimas condições de trabalho, Rigoberta perdeu familiares e amigos, vítimas da violência rural.

A guatemalteca luta, desde jovem, em favor dos Direitos dos povos indígenas e recebeu, em 1992, o Prêmio Nobel da Paz. Em 1998, também foi agraciada com o Prêmio Príncipe de Asturias de Cooperación Internacional.

Y además…

Leona Vicário 💪

Nascida em 1789, Leona Vicário tem seu nome atrelado ao processo de independência do (nosso amadíssimo!💚) México.

Órfã aos 18 anos, Leona herdou dos pais uma fortuna considerável. No entanto, ela entregou boa parte da herança ao movimento de Independência. Além disso, Leona Vicário também protegeu fugitivos e colaborou com os rebeldes, passando-lhes informações e outros recursos que se faziam necessários, como medicamentos, por exemplo.

Agora, me digam: Lendo dois parágrafos da história dessa mina, COMO nunca fizeram uma novela sobre ela?! PENSEM!? #FicaADica para a Televisa 😜 rsrs

Y además…

Policarpa Salavarrieta 💪

Bela, recatada e do lar. Só que nunca! 😆 rsrsrs Policarpa Salavarrieta teve atuação de destaque no período de independência da Colômbia, sendo considerada uma verdadeira heroína.

Lutadora, valente e ativa, Policarpa, também conhecida como La Pola, levava informações aos rebeldes, comprava material de guerra e conseguia a adesão de mais jovens aos grupos patriotas.

Descoberto o seu envolvimento com os rebeldes, La Pola foi capturada, acusada por crime político e condenada à morte. Mas, é CLARO que o nome dela segue firme forte na história colombiana.

Y además…

Gabriela Mistral 📚📖

Lucila Godoy Alcayaga, que adotou o pseudônimo de Gabriela Mistral, nasceu no Chile, em 1889, e foi poetisa (das grandes!), diplomata e pedagoga.

Gabriela Mistral é um dos principais nomes da poesia chilena. Lutou pela educação pública e obrigatória no Chile e também pela igualdade de direitos para as mulheres.

Em 1945, recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, transformando-se na primeira mulher da América Latina a receber um Nobel (❤).

Gabriela Mistral destinou os direitos econômicos de suas obras publicadas na América para as crianças de Montegrande, localidade chilena onde passou sua infância.

Y además…

Carmen Amaya 💃

Cigana, cantora e bailarina de flamenco, Carmen Amaya nasceu em 1918, em Barcelona, e fez história con su estilo de baile.

Carmen revolucionou o flamenco, em especial para a figura feminina, a qual passou a ter mais destaque e liberdade na execução dos movimentos de dança.

Y además…

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

As melhores parcerias do (maravilhoso ❤) Alejandro Sanz

No próximo dia 24/06, vai acontecer o esperado show Más es Más, do (maravilhoso ❤) Alejandro Sanz. Conforme falamos aqui no blog, o espetáculo será realizado em Madrid e transmitido para o mundo inteiro.

Como a Calle Hispánica já está na contagem regressiva à espera do show, o post de hoje traz algumas das melhores parcerias que o nosso Ale, Alejandro já fez!

Confira!

A Que No Me Dejas – Alejandro Sanz e Alejandro Fernandez (Pra que ter só um Alejandro, se podemos ter dois numa música só?! 😜)

Te lo Agradezco, Pero No – Alejandro Sanz y Shakira

La Tortura – Alejandro Sanz e Shakira (de nuevo! rs)

Looking for Paradise – Alejandro Sanz e Alicia Keys

Vivieme – Alejandro Sanz e Laura Pausini

Confira também: Alejandro Sanz de um jeito que você ainda não ouviu

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

5 frases que todo estudante de espanhol detesta ouvir 😵

E no tutorial de hoje, nós vamos aprender a como #chatear um aluno de espanhol em 5 frases 😩. E digo aluno/estudante porque, a partir do momento em que começamos a estudar um idioma novo, não paramos nunca mais!

Mesmo quem cursou Letras e já se formou, quem já dá aulas, quem trabalha como tradutor ou, ainda, quem já terminou o curso regular e usa o idioma para outros fins. Não tem jeito! Quem ama o espanhol e não quer perder para o tempo os aprendizados adquiridos, segue firme nos estudos, não é mesmo?! 🙂

No entanto, ao longo desse trajeto, a gente escuta CA-DA-COI-SA sobre o espanhol, que sinceramente… 😶.

Então, bora conferir 5 frases que nos dizem sobre o espanhol e que mais nos irritam y que nos sacan de nuestras casillas?! 😆

Obs.: respira fundo daí que eu respiro fundo daqui! 😜 rsrs

É mais fácil, né?! – Eu juro que não sei quem foi o ser humano que inventou isso. Sério! Sabemos que o espanhol é lindo, é apaixonante, é caliente, é instigante e mais um monte de coisa. Mas fácil, meus amigxs?! Não é MESMO!

No meu caso, comecei a estudar esse idioma aos 14 anos e, até hoje (com 29), ainda compro livros de gramática para continuar aprendendo e também para reforçar cada um dos zilhões de pontos da língua espanhola, como os tempos verbais e os complementos.

Um bom dicionário resolve – Navegando nessa crença de que espanhol é fácil, as pessoas também acreditam, de todo coração, que quando é preciso colocar o espanhol pra jogo, basta contar com um bom dicionário. Ah, a ingenuidade… rsrs

Bom, vamos lá! Um idioma, qualquer que seja ele, apresenta uma estrutura própria que vai muito além de palavras. Com o espanhol não é diferente. A assimilação dessa estrutura é que permite ao aluno falar a nova língua de forma mais natural.

Então, um dicionário ajuda? Claro! Mas, falar espanhol não se resume a substituir palavras. Isso o Google Tradutor faz. Nós, seres pensantes, temos que ir além disso. E os verbetes de um dicionário não dão conta desse “ir além” que todxs nós almejamos.

Entonces, ¡ni modo! Tenemos que estudiar y seguir estudiando siempre 🙂.

É igualzinho ao português! – Por favor, apenas PAREM com isso! Sim, há alguma semelhança entre os dois idiomas e há termos parecidos, como La Casa / A Casa. Mas parem de diminuir as complexidades pertinentes ao espanhol, confiando nessa crença.

Afinal de contas, na hora de conversar com um nativo, ninguém nessa vida sustenta um diálogo usando apenas as palavras que são semelhantes ao português. La casa es bonita. E acabou o papo, né?! 😐

Além disso, justamente por esse semelhança entre os dois idiomas, o risco de confundir algumas estruturas e falar espanhol dentro da forminha do português é enorme!

E ainda há outra questão (muito importante!) a ser lembrada. O espanhol é o idioma de diversos países. E sabemos muito bem o que isso significa: morango, na Espanha, é fresa; Já na Argentina, o mais usual seria frutilla. Ou seja; varia bastante, meus carxs!

Confira mais exemplos no vídeo abaixo:

E, além das palavras, cada país tem suas gírias e expressões que somente são compreendidas dentro daquela região. Um ótimo exemplo é a mexicaníssima frase ¿Qué Pachuca por Toluca?, usada para perguntar ¿Qué pasó?

Ou seja: dá para confiar na semelhança entre português e espanhol? Não.

Mas, e o inglês? A gente pode falar espanhol, francês, italiano, russo ou mandarim. Não adianta. Sempre vai aparecer um ser humano no nosso caminho para perguntar: “Mas você também fala inglês, né?!”. E se você entrar nesse papo, ele vai te explicar que o inglês é o idioma que manda no mundo, que o inglês é o idioma dos negócios e do sucesso e blá, blá, blá, whiskas sachê (😑).

Sim, nós sabemos (e não negamos!) a relevância do inglês no mundo globalizado. No entanto, isso não nos obriga a dar prioridade a esse idioma, correto?! No meu caso, estudei inglês também porque, como jornalista, considero importante ter alguma independência com relação a essa língua.

Mas, minha paixão da vida toda sempre foi o espanhol. E temos aqui a Calle Hispánica como prova mais concreta disso! ❤ rsrs

Nunca estudei espanhol, mas entendo tudo de boas – (esta sí que me cae en la punta del hígado!) Ok, vamos lá! Se o amigx não conhece as nuances pertinentes a cada um dos tempos verbais, não sabe da existência do artigo neutro, não faz ideia do tanto de coisa que se pode expressar com me lo, te lo, se lo e suas variantes…oras! O AMIGX NÃO ENTENDE TUDO DE BOAS, concordam? Obrigada, de nada! rsrs

E aí, pessoal? Qual dessas frases vocês mais escutam? Vocês conhecem alguma outra que não esteja na lista? Me contem nos comentários! 😉

Confira também: Para ser tradutor, basta dominar um segundo idioma?

Y además…

Un video especialmente dedicado a la gente que dice “español es muy fácil!” 😜

Gostou da Calle Hispánica? Então, curta a Fan Page no Facebook e não perca nenhuma postagem! 😉

Página 2 de 4

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén