“O Tango é um ritmo de raízes populares, com influências de diversas origens, e que agregou elementos de tal refinamento que se aproxima ao erudito. Por isso é uma música tão rica. Já enquanto uma dança, o tango tem como sua maior característica o abraço. Acho que o Tango é a conjugação de tudo isso: a riqueza da música, a densidade própria da dança popular e a figura do abraço, ou seja, tudo o que torna esse ritmo tão apaixonante”.

É assim como Navir Salas Morales, da companhia El Abrazo Tango, define esse gênero tão envolvente.

E, justamente, tango é o que teremos nesta semana, em Belo Horizonte, com apresentações do novo espetáculo da companhia, o Batuca Tango 😍. Dirigido por Navir, as apresentações vão acontecer no Teatro Bradesco, nos dias 27, 28 de fevereiro e 01 de março.

Companhia El Abrazo Tango / Divulgação

O grupo El Abrazo Tango subiu aos palcos pela primeira vez em 2008 e, de lá pra cá, foram várias apresentações.

Navir contou para a Calle Hispánica que, desta vez, a inspiração do Batuca Tango está nos tambores do candombe (uma dança com atabaques, típica da América do Sul) e na pulsação do coração ❤.

“O espetáculo fala de emoção, de ritmo, de batida, de pulso. Queremos mostrar o tango que bate no tambor, no corpo, que brinca e que toca a alma. É isso que o público pode esperar”, afirma Navir Salas Morales.

As informações sobre os ingressos para o espetáculo Batuca Tango estão disponíveis no site do Teatro Bradesco.

Gostou da Calle Hispánica e não quer perder nenhuma postagem? Então, siga a Calle no Instagram! 😉